FÉRIAS?

FÉRIAS?

FIQUE ATENTO!   A CONVERSÃO DAS FÉRIAS EM DINHEIRO DEVE OBSERVAR:
•Trata-se de uma  opção, que deve partir sempre do empregado;
•Não pode ser superior a 1/3 do período de férias a que o empregado tenha direito;
•A Justiça tem entendido que converter férias em dinheiro sem autorização do empregado pode ensejar o pagamento do período respectivo em dobro!